O sopro no coração é uma alteração no fluxo de sangue dentro do coração quem na maior parte das vezes não é grave e nem pode matar. Entretanto, quando o sopro no coração está associado a outras doenças cardíacas, em conjunto, poderão conduzir a morte, mas com o devido tratamento isto pode ser evitado.

Como o sopro cardíaco não é uma doença em si, se o médico diagnosticá-lo e se achar conveniente poderá solicitar que se faça outros exames que avaliam a condição cardíaca como o eletrocardiograma, para verificar a importância do sopro. Caso hajam doenças associadas o médico deverá prescrever a toma de medicamentos, e deverá avaliar a necessidade de cateterismo ou de cirurgia cardíaca para solucionar estas doenças e assim diminuir o risco de óbito.

O sopro no coração só é considerado grave quando há outras doenças associadas, pois frequentemente ele não representa nenhum risco para a saúde.

Fonte: Tua Saúde


  1. betania oliveira 13 de maio de 2015

    tenho 50 anos tenho sopro no coração sou hipertensa e descobrir agora que meu filho de 28 anos tambem tem sopro
    e meu filho de 25 anos tem aritimia
    isso e congenito?
    aguardo sua resposta.

    • Dr. Emerson 14 de maio de 2015

      Olá Betania! O ideal é que você procure um médico que irá avaliar se realmente existe uma doença congênita na sua família.
      Temos este profissional na Matriz toda terça-feira e em Belford Roxo quarta e quinta. Consultas R$ 70,00. Mais informações ligue 2882-9200.

Comments

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

NEWSLETTER
Cadastre seu e-mail e receba as novidades.

REDES SOCIAIS

Copyright © 2012 Dr.Emerson – Direitos reservados.
Desenvolvido por: AGWS